Livros · Vídeos

Livro: Caixa de Pássaros (resenha + vídeo)

Caixa de Pássaros

caixa de pássarosTítulo: Caixa de Pássaros (Bird Box)
Autor: Josh Malerman
editora: Intrínseca
páginas: 272
ano: 2015
Gênero: Suspense / Terror

O que te espera lá fora?

Um universo distópico e apavorante no qual os monstros são menos assustadores do que o medo do desconhecido. Já tiveram contato com um enredo que inclua um ambiente assim? Em Caixa de Pássaros, seu romance de estreia publicado no Brasil pela Editora Intrínseca, Josh Malerman traz aos leitores a experiência de sentir na pele que não existe nada pior do que a sensação de não saber o que espreita lá fora.

Qual é a experiência da cegueira em um mundo cheio de perigos? É essa a sensação que o autor tenta – e consegue – passar aos leitores durante a narração de Caixa de Pássaros. O livro conta a história de Malorie, uma garota que se descobre grávida em um mundo onde as pessoas estão enlouquecendo sem saber o porquê e a melhor teoria é a de que criaturas desconhecidas têm guiado seres humanos à insanidade apenas por entrarem em seu campo de visão.

Cética desde o princípio, para Malorie tudo não passa de um terror generalizado que tem lentamente levado as pessoas à loucura. A cada nova notícia de insanidade repentina que leva pessoas a cometerem assassinatos ou suicídios ao redor de todo o mundo, Malorie se dedica a convencer a irmã de que não há nada com o que se preocupar. O terror começa quando a garota vê a própria irmã ser atingida por um ataque de loucura.

Sozinha, Malorie encontra um lar com sobreviventes onde passa o tempo entre atividades domésticas e as tentativas de lidar com o medo não só de ser atingida pela insanidade, mas também de criar uma criança nesse universo que se tornou conscientemente claustrofóbico.

A história se passa paralelamente em dois momentos: no tempo atual, Malorie se encontra novamente sozinha, sendo responsável pelo bem estar e segurança de duas crianças; nos flashbacks, acompanhamos o dia a dia da garota com as outras pessoas no lar.

O autor nos prende na narrativa desde as primeiras páginas. Além da tensão para saber o que provoca a insanidade, o leitor também tem uma experiência empática com Malorie, acompanhando seus medos e inseguranças e ficando igualmente curioso para saber o que aconteceu com as outras pessoas da casa.

Gostei demais da história! Acredito que o autor foi muito feliz com a ideia de enredo e soube executá-la de uma forma excelente para o estilo. Ganha 5 xícaras por ser um ótimo livro de terror psicológico. Recomendo!

Avaliação: 5 xicaras

Gravei também um vídeo contando mais sobre as minhas impressões e mostrando um pouco da edição publicada no Brasil pela Editora Intrínseca, parceira do  blog.

O que acharam? Encarariam uma leitura nesse estilo? Fãs de terror, o que acharam do livro?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s