Especiais · Filmes

Filme: O Jogo da Imitação (resenha)

lead

 

Título: O Jogo da Imitação
direção: Morten Tyldum; roteiro: Graham Moore (baseado no livro Alan Turing: the enigma, de Andrew Hodges);
elenco: Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode, Allen Leech, Matthew Beard, Mark Strong, Charles Dance, Rory Kinnear
ano: 2014; duração: 114 minutos; país: Estados Unidos, Reino Unido;
gênero: drama

Turing Machines

 

“Sometimes it is the people who no one imagines anything
of who do the things that no one can imagine.”

 

Com oito indicações ao Oscar 2015, O Jogo da Imitação é, sem dúvida, um filme que muito merece estar na seleta lista de concorrentes à estatueta mais importante da noite. Além desta, as outras indicações são: melhor ator (Benedict Cumberbatch), melhor atriz coadjuvante (Keira Knightley), melhor direção (Morten Tyldum), melhor roteiro adaptado (Graham Moore), melhor edição (William Goldenberg), melhor design de produção e melhor trilha sonora (Alexander Desplat – que concorre pela mesma categoria com a trilha sonora de O Grande Hotel Budapest, que você pode ler a resenha aqui).

O emocionante filme conta a história de Alan Turing (Benedict Cumberbatch), grande matemático e criptologista do começo do século XX, que teve uma influência muito grande no desenvolvimento do que chamamos de inteligência artificial e formalizou os conceitos de algoritmo e computação, sendo considerado, assim, o pai da computação.

Após o Reunio Unido declarar guerra em 1939, Turing vai trabalhar no centro britânico de quebra de códigos, sob poder superior do Comandante Alaistar Denniston (Charles Dance), e entra para a equipe de decifradores comandada por Hugh Alexander (Matthew Goode) e composta por mais Peter Hilton (Matthew Beard), John Cairncross (Allen Leech) e outros dois especialistas. A missão que é dada à equipe é a de decifrar o código nazista usado em mensagens escritas a partir da máquina Enigma.

O maior problema de decifrar o código é o tempo. Às seis da manhã a primeira mensagem é interceptada e, a partir dessa hora, os especialistas tem dezoito horas para decifrar o código, pois, à meia noite, o código muda e eles precisam começar tudo do zero. De certa forma arrogante e verdadeiramente muito difícil, Turing não é o melhor dos colegas de trabalho e, enquanto o resto da equipe tenta decifrar o Enigma na ponta do lápis, o matemático diz estar desenvolvendo uma máquina que poderá fazer isso de forma muito mais fácil. E, claro, isso irrita toda a equipe, que já está frustrada por trabalhar tanto durante o dia e, ao bater da meia noite, ter todo o trabalho jogado no lixo.

The Imitation Game Movie New Pic (2)Turing, então, irritado por não ter todo o investimento que precisa para sua máquina, primeiro negado por Hugh e, depois, por Denniston, resolve enviar uma carta ao primeiro ministro Winston Churchill, que o coloca no comando da equipe e decde bancar a máquina, coisa que não agrada muito a ninguém. A primeira providencia que Turing toma é a de demitir dois dos especialistas que antes estavam na equipe, que considera incompetentes, e convocar outros dois. Para isso, publica um dficíl jogo de palavras cruzadas no jornal; quem conseguisse resolver, deveria se apresentar e passaria por um segundo teste: resolver outro problema dificílimo em menos de seis minutos. Joan Clarke (Keira Knightley) aparece, então, como a única mulher a resolver o jogo de palavras cruzadas e a primeira do grupo de selecionados a resolver o problema em menos de seis minutos (cinco minutos e trinta e quatro segundos, como o mesmo Turing observa).

Sem entrar muito nos meandros do roteiro (porque já começaria a dar muitos spoilers para aqueles que não conhecem a história), Turing e sua equipe conseguem quebrar o código e, como é informado ao final do filme, isso encurta a guerra em cerca de dois anos e poupa milhões de vidas, conforme estimam os historiadores.

Fatos históricos à parte, a produção do filme é maravilhosa. Há idas e vindas (o filme acontece em três períodos: na juventude de Turing, no seu trabalho durante a guerra e pouco antes de seu suicídio), mas nada que deixe o espectador confuso. As atuações são brilhantes. Bom, sobre as atuações eu acredito que há um comentário pessoal a ser feito: eu não sou a maior fã de Cumberbatch. Na verdade, não gosto dele de maneira nenhuma (rs) e ele nunca me convence nos papéis que faz; portanto acredito que ler de minha parte que a atuação dele como Alan Turing é absolutamente impecável quer realmente dizer alguma coisa. Sua indicação ao Oscar de melhor ator é extremamente justa e ele me convenceu do começo ao fim (principalmente na última cena que faz com Knigthtley e que me fez chorar). tumblr_njuaeaGaIv1tvh8lpo6_1280

Keira Knightley também faz um ótimo trabalho como Joan Clarke e também acredito ser justa sua indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante. As atuações das outras personagens também são fantásticas. Sou muito fã de Matthew Goode e de Charles Dance (gente, desculpa, não existe não amar Tywin Lannister) e todo o trabalho conjunto de atuação é muito bom.

Avaliação: 4,5 xícaras 4,5/5

Se você está procurando por um filme exclusivamente sobre a Segunda Guerra Mundial, O Jogo da Imitação não é seu filme ideal, ainda que esteja centralizado num dos grandes feitos do período que foi a quebra do Enigma. Se você está procurando por um filme com uma história emocionante de um homem genial que tinha muitos problemas pessoais, mas, que ainda assim, conseguiu os feitos que conseguiu, eu recomendo fortemente que você assista O Jogo da Imitação.

His machine was never perfected, though it generated a whole field of research into what became known as “Turing Machines”. Today we call them “computers”.

the-imitation-game-whysoblu-4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s