Livros

Livro: Serial Killers, Anatomia do Mal (resenha)

Título: Serial Killers, Anatomia do Mal (The Serial Killer Files: the who, what, where, how, and why of the world’s most terrifying murderers)
Serial KillersAutor: Harold Schechter
Editora: DarkSide Books
Páginas: 473
Ano: 2013
Gênero: Não ficção, crime, psicologia.

 Monstro ou não?

 Eu nunca entendi o que me levou a gostar tanto de conhecer casos de serial killers, mas depois de anos vasculhando a internet e dias e mais dias assistindo tudo quanto é programa do Investigation Discovery, posso dizer que o livro Serial Killers, Anatomia do Mal, do americano Harold Schechter me surpreendeu. E muito. Também curte o assunto? Continue lendo e se apaixone.

Serial Killers

Comprei o livro por um misto de fatores: a capa maravilhosa, o tema – que para mim é extremamente interessante – e o fato de ser uma publicação da DarkSide. Depois de ter lido O Circo Mecânico Tresaulti e de me apaixonar pelo trabalho editorial do livro, me convenci de que qualquer livro da DarkSide que me interessasse seria prioridade de aquisição e leitura. Foi o que aconteceu com Serial Killers, Anatomia do Mal. Ele passou na frente de toda a minha lista de leituras simplesmente porque eu dei uma folheada e o que eu vi me deixou morrendo de curiosidade de ler!

Serial Killers

 Em 473 páginas, Schechter traz a origem do termo serial killers, uma análise dos motivos e do passado de alguns assassinos, curiosidades e a parte que, na minha opinião, é a mais interessante e gostosa de ler: estudos de casos reais – MUITOS casos reais – variando de alguns super conhecidos, como Jeffrey Dahmer, John Wayne Gacy, Charles Manson e Ted Bundy, a outros que não tiveram tanto destaque na mídia.

Serial Killers

O livro me ganhou com a riqueza de detalhes. Schechter se repete em muitos momentos, e apesar de ter ficado um pouco incomodada, quando terminei a leitura percebi que elas eram fundamentais para sustentar os raciocínios do autor e ajudaram muito mais a fixar detalhes dos casos que eu teria logo esquecido.

Serial Killers

O ponto fraco do trabalho fica por conta da revisão de alguns capítulos, principalmente os últimos. Erros de digitação e palavras repetidas teriam sido facilmente eliminadas com uma leitura mais atenta, mas vale deixar claro que mesmo essas pequenas falhas não tiram o mérito do trabalho, que pode ser classificado como um verdadeiro dossiê a respeito de assassinos em série.

Avaliação: 5 xícaras

Serial Killers, Anatomia do Mal é uma livro incrível que eu não recomendo a pessoas mais sensíveis (as informações e imagens podem ser um pouco fortes para alguns), mas que seria um belo título para fazer parte da coleção dos apaixonados pelo tema.

E bônus: é capa dura!

Serial Killers

Anúncios

7 comentários em “Livro: Serial Killers, Anatomia do Mal (resenha)

  1. Amei o post e eu preciso falar o quanto eu quero, QUERO, PRECISO deste livro?!?!??! Eu amo o assunto, e o livro parece desses tão bonitos, to até surpresa com o lance da revisão porque dá a sensação que o trabalho deles é impecável. Mas não deve atrapalhar mesmo, até por que você surtou comigo com o livro tanto que mesmo q eu n me interessasse, iria acabar querendo de um jeito ou de outro. Mas não é o caso, este mês acho que resolvo isso de comprar o livro finalmente.

    1. Eu não parava de surtar contigo sobre esse livro! HAHA eu tbm fiquei triste com a revisão, acho que se arrumassem isso pra próxima edição, seria perfeito, até porque o trabalho da DarkSide é praticamente impecável mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s