Filmes

Filme: A Tentação (resenha)

Título: A Tentação (The Ledge)tentacao_2
Diretor: Matthew Chapman
Elenco: Charlie Hunnam, Terrence Howard, Patrick Wilson, Liv Tyler

Ano: 2011; duração: 101 minutos; país: Estados Unidos

Você estaria disposto a morrer
por algo em que acredita?

Antes de mais nada, que dificuldade que foi conseguir começar esse post! Eu assisti a esse filme no início desse ano, achei o roteiro ótimo e há tempos estava querendo parar para ver de novo. E quando vi, não consegui me decidir por onde começar a comentar. Dei uma olhada em outras críticas pra ver se alguma luz surgia no fim do túnel e, vejam só, descobri que A Tentação não é lá muito aclamado pela crítica especializada. Como eu de especializada não tenho nem o dedinho do pé, continuo achando o filme bom, sim, por um ponto principal que eu vou comentar mais pra frente.

A Tentação conta a história de um policial e sua tentativa de negociação com um suicida que está no telhado de um prédio, pronto para se jogar. Na verdade, o filme conta duas histórias de forma simultânea: a do policial, Hollis Lucetti, e a do então suicida, Gavin Nichols. Hollis havia acabado de descobrir que, durante anos, sua esposa lhe escondera um segredo que afetaria não somente seu casamento, mas sua vida como um todo. Ainda processando a nova descoberta, Hollis é chamado para uma emergência. É onde conhece Gavin, que alega simplesmente não poder atender ao pedido do policial e voltar para dentro do prédio, porque caso o fizesse, outra pessoa iria morrer em seu lugar. Ele tinha até meio-dia para repensar todos os seus atos ; terminado esse prazo, deveria se jogar se quisesse evitar a morte de alguém especial em sua vida. A partir daí, Gavin começa a narrar para Hollis a sequencia de eventos que o levara até o topo daquele prédio.

Toda a história de Gavin é contada em flashback, que é algo que já ganha meu coração desde o início. Gavin relata como conhecera e se envolvera com Shana Harris, uma mulher atraente casada com um homem extremamente religioso. O marido de Shana, Joe, havia a ajudado a se livrar dos fantasmas do passado e reconstruir a própria vida, motivo pelo qual a mulher se sentia eternamente grata e, de certa forma, presa a ele. Ao conhecer Gavin, que tem uma visão de fé totalmente diferente de Joe e vive entrando em discussões sobre questões religiosas com o mesmo, Shana se sente atraída e, ao mesmo tempo, culpada por pensar em alguém além de seu marido daquela forma. A princípio, ela tenta se afastar de Gavin, mas o jovem também sente a mesma atração e, com o tempo, Shana não consegue resistir aos próprios desejos. Aí entra a grande sacada do filme, que, lógico, só assistindo pra conferir.

christopher-gorham-e-liv-tyler-em-cena-de-a-tentacao-1344378174720_615x470

Enfim, o que eu mais gosto nesse filme são as discussões entre o religioso Joe e o ateu Gavin. É muito interessante ver os dois querendo provar seu próprio ponto de vista sem admitir em momento algum que o outro possa ter um mínimo de razão. É algo que me fez repensar meu próprio conceito de , no sentido puro da palavra, independente de atribuições a instituições religiosas. A história entremeada do policial Hollis é outro ponto que vale ser comentado também; enquanto está no topo do prédio com Gavin, ele repensa toda a situação que está vivendo, tentando lançar um olhar novo sobre o que seria sua vida dali pra frente. O final pode parecer meio óbvio para alguns, mas me surpreendeu bastante, foi totalmente diferente do que eu esperava.

TentaçaoFilme12

Se existe algo que eu mudaria nesse filme é o ritmo narrativo. Por vezes, a dinâmica fica meio quebrada e a história se arrasta a passos beeem lentos. O roteiro é muito bom, mas, ao meu ver, faltou um pouquinho mais de ação em algumas passagens do filme. Acho que essa é a única crítica negativa na minha opinião não-especializada.

Avaliação: 4 xícaras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s