Filmes

Filme: A Nova Onda do Imperador (resenha)

kuzco

Título: A Nova Onda do Imperador (The Emperor’s New Groove)
Direção: Mark Dindal
Elenco: Dave Spade, John Goodman, Eartha Kitt, Patrick Warburton (Selton Mello, Humberto Martins, Marieta Severo e Guilherme Briggs na versão brasileira)
Ano: 2000; duração: 78 min; país: Estados Unidos

Abram alas para o Imperador!

Eu achei algo muito engraçado em relação à escolha dos temas desses meus posts da Semana da Criança. Eu demorei muito tempo pensando no livro que eu escolheria pra resenhar, porque eu não li tantos livros infantis assim quando criança, desde pequena eu já procurava por títulos mais adultos. Com filmes, foi exatamente o contrário. Apesar de também ter demorado um pouco a assistir vários clássicos infantis, foi um pouco difícil conseguir me decidir entre três deles. E justo quando eu comecei a escrever o post sobre o que eu havia escolhido, outro filme que nem estava na lista veio subitamente na minha cabeça e eu fiquei me perguntando por horas como poderia ter esquecido de inclui-lo na lista.

Eu descobri A Nova Onda do Imperador por meio da minha melhor amiga dos tempos de colégio, o que deve contribuir bastante no motivo pelo qual eu simplesmente o adoro e morro de rir com todas as piadas que, a essa altura, eu já sei de cor. Mas é realmente impossível não rir com esse filme. Apesar de, no fim das contas, a história apresentar uma moral bem clara para as crianças, o desenrolar do filme é muito divertido de acompanhar.

A animação conta a história de Kuzco, o jovem e egoísta imperador Inca, e seu desejo de construir seu Palácio de Verão no topo de um morro habitado por uma colônia de camponeses. Pacha, o líder dos camponeses, é chamado à presença do imperador para ser comunicado sobre a futura destruição de sua vila, e fica também encarregado de dar a notícia aos outros habitantes. Sem ter opção, Pacha retorna à vila, tentando pensar em uma forma de comunicar o desejo do imperador aos demais.

Enquanto isso, Yzma, a ex-conselheira do Imperador recém-demitida pelo mesmo, promete vingança a Kuzco. Convocando seu braço direito, Kronk, ela planeja envenenar Kuzco e assim tomar o império para si. Deixando a tarefa nas mãos de seu atrapalhado ajudante, no entanto, tudo que Yzma consegue é transformar o imperador em uma lhama. E é aí que começa toda a confusão – e diversão, claro.

nova_onda_do_imperador_

Yzma ordena que Kronk leve Kuzco para longe e termine o serviço, mas o ajudante acaba por deixar o imperador cair dentro do carrinho de mão de Pacha, que estava retornando para sua vila. Ao acordar, Kuzco acusa Pacha de ser o culpado por raptá-lo e transformá-lo em lhama e exige que o camponês o leve de volta para seu palácio. Pacha diz que só aceita fazê-lo se o imperador concordar em não derrubar a vila para construir o Palácio de Verão. Kuzco não atende o pedido e tenta se virar sozinho, obviamente só conseguindo se meter em confusão, sendo o garoto mimado e teimoso que é.

O filme passa por várias situações engraçadas enquanto Yzma e Kronk começam a procurar Kuzco e este foge para tentar recuperar seu império com a ajuda de Pacha. Depois de muitas idas e vindas já esperadas em um filme de animação, o melhor ponto de se observar é a forma Kuzco e Pacha começam a se entender melhor em meio a tudo que tem que passar juntos, como conseguem desenvolver uma amizade mesmo que, a princípio, tudo aponte o contrário.

nova-onda-do-imperador12

E é aí que entra a lição de moral da história, também já de praxe em desenhos infantis.

Eu simplesmente adoro esse filme, é um apego até meio infantil mesmo. Sendo assim, não poderia deixar de dar menos do que a nota máxima na avaliação.

Avaliação: 5 xícaras

Anúncios

4 comentários em “Filme: A Nova Onda do Imperador (resenha)

    1. Nossa, VHS! Agora que tu falou que eu lembrei que o meu também era VHS, gente. E o Kuzco é o melhor mesmo, indeed. Apesar de eu também adoraaar o Kronk HAHAH *-*

  1. Acredita que nunca vi o raio deste desenho??!??! É o velho problema de não me interessar por coisas infantis, eu costumo até ver as vezes por não ter nada melhor para fazer mas este acabei que nunca vi. E eu sempre vejo o povo comentando e postando gifs, me sinto uma marciana. Mas curti o post.

    1. I feel you, também tenho o mesmo problema de não me ligar em coisas infantis. Mas esse eu super recomendo, tenta arranjar um tempinho pra ele em um desses momentos de nada pra fazer HAHAH E que bom que curtiu o post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s