HQs

HQ: O Inescrito Vol. 01 – Tommy Taylor e a Identidade Falsa. (resenha)

O-inescrito

Título: O Inescrito (The Unwritten)
Edição: Vol. 01 – Tommy Taylor e a Identidade Falsa
História, Roteiro e Arte: Mike Carey e Peter Gross
Editora: Panini Comics (selo Vertigo)
Páginas: 144; Ano: 2009

A verdade não é uma coisa fixa, Tommy.

Tommy Taylor é um jovem mago, ele passa por muitas aventuras com seus dois amigos Peter e Sue, tendo que enfrentar o terrível Ambrósio, um mago muito poderoso que quer acabar com Tommy. Seria um cosplay de Harry Potter, se esse não fosse somente o livro escrito dentro da história da HQ.

Wilson Taylor é o autor de uma saga mundialmente famosa que traz a história de Tommy Taylor, um mago adolescente. Esse livro vira febre, 40% das pessoas alfabetizadas já leram. O autor usa o filho, Tom Taylor, como inspiração para criar o personagem principal, e os fãs tratam Tom como um messias, como se fosse uma verdadeira religião. O Inescrito começa a partir de alguns anos depois desaparecimento repentino e sem explicações de Wilson Taylor, Tom é quem tem que cuidar do legado do pai e manter a paixão dos fãs viva. Em um determinado momento, a identidade de Tom Taylor é questionada por uma jornalista e ele precisa fugir da legião de fãs loucos e descobrir a verdade sobre si mesmo.

Estou tentando ao máximo não dar spoilers, mas a ficção se confunde com a realidade, e coisas que ele jamais imaginaria que seriam possíveis acabam acontecendo e ele se vê dentro de um problema muito maior do que realmente parecia.

O Inescrito é uma história de classificação “jovem-adulto”, pois contém cenas de violência e a linguagem um pouco mais adulta. Entretanto, traz muitos elementos fantásticos que permitem ao leitor voar um pouco por esse mundo mais infantil. O principal fator fantástico sendo, talvez, as referências a Harry Potter, mesmo que não diretamente. A história de Tommy Taylor é contada juntamente com a história real, então há várias passagens do livro dentro do HQ para que o leitor possa fazer a relação entre os acontecimentos.

oinescrito1

Não sou nem de longe especialista em quadrinhos. Na verdade, leio muito menos do que gostaria. Mas minha opinião sobre o traço e as cores é: eu gostei. Gostei muito da escolha do tom das cores, que é colorido sem ser vibrante, já que a história é de suspense e mistério. Outra coisa que eu gostei muito foi a diferença de fontes quando a citação era do livro de Tommy Taylor e quando era um diálogo ou pensamento do personagem real, não ficou nem um pouco confuso. É visualmente agradável de ler esse HQ, eu sentei de noite e em duas horas já tinha terminado porque não consegui parar.

oinescrito2

No fim, muitas informações são jogadas ao ar para servirem de gancho para a próxima edição (que já foi lançada no Brasil), causando muita curiosidade em saber o que raios vai acontecer com o Tom a partir de agora. E também há uma conclusão com uma história “paralela” de muitos anos atrás, que provavelmente vai servir de explicações para outras coisas. Não vejoa hora de ler a próxima edição.

Avaliação:  3,5 xícaras

Indico muito, principalmente pra quem não tem costume de ler HQs e gosta de histórias fantásticas, é uma ótima opção para começar a se aventurar nesse mundo de desenhos, cores e histórias que são as histórias em quadrinhos.

Enfim o céu pode estar mais perto:
Leia por trás dos versos que virão
Enquanto os tolos com destino incerto
Vivem cegos na densa escuridão.

Indique, Tommy, os rumos da história;
Rabisque as linhas que traçam a vida;
Adentre a batalha e conheça a glória –
Aceite a taça que lhe é oferecida.

Termino a história e deixo este lugar,
E é Tommy quem narra a partir de agora:
Você tem com ele um mundo a ganhar.

O amor lhe pertence – chegou a hora.
Coragem! Não deixe a chance passar
Em branco na vida nova que aflora.

– Wilson Taylor

Anúncios

6 comentários em “HQ: O Inescrito Vol. 01 – Tommy Taylor e a Identidade Falsa. (resenha)

  1. Que. Legal! AHAHAHAHAHA Nossa, adorei.
    Eu confesso que, quando vi que era sobre uma HQ, fiquei com receio de ler e me sentir burra, por não entender nem metade das coisas que você iria dizer, mas não foi isso que aconteceu. Como você, eu também não sou especialista em HQ e também leio muito menos do que eu gostaria (e até deveria). Sempre me interessei, sempre achei legal, mas acabei nunca me aventurando muito nesse tipo de leitura. Mas sua review despertou minha vontade e muito! A história parece muito legal e eu sinto que, se pegar pra ler, também vou fazer de uma vez só, igual eu fiz com Kick Ass (<3). Aliás, achei muito engraçado a parte do "seria cosplay de Harry Potter" e consegui entender o motivo disso no decorrer da sua resenha.
    Adorei seu post e muito vou procurar pra ler! *-*

    1. Pois é, eu resolvi indicar ele aqui exatamente porque eu não sou especialista nem nada, então eu me importo mesmo com a história em si muito mais do que a arte. Eu acho que todo mundo devia dar uma chance pra HQs, mesmo focando só na história, vai se divertir muito.

      Quando ler, me diz o que achou. *-*

  2. Confesso que eu li duas issues desse quadrinho, mas por ter feito download em pdf, a minha enxaqueca se manifestou mais fortemente. Sendo um pouco mais imparcial, até onde eu li, a história é perfeita e é envolvente demais!, principalmente a partir do momento em que você começa a questionar a identidade do Tom (sem spoilers, né? Então Tom mesmo). E essa parceria Carey e Gross é muito boa. Acho a arte do Gross muito expressiva e o traço dele é bem refinado.
    Amei o post, difícil falar desse quadrinho sem dar pistas de nada, muito difícil!

    P.S.: Ele virá até você!

    1. Ler quadrinhos em pdf é tenso demais mesmo, por isso eu sempre procuro comprar.
      Nossa, eu fiz um esforço absurdo pra não dar nenhum spoiler monstro, e mesmo assim eu entreguei um pouco do que acontece HAHA. Mas como é primeira edição, não vi muito problema, as coisas vão acontecer realmente daqui pra frente. É uma história muito empolgante, e as coisas vão acontecendo uma atrás da outra e quando tu vê… Meu Deus, o que acabou de acontecer?! HAHA

  3. Eu não tenho muita paciência pra HQs, mas me sinto meio mal por isso, porque o enredo desse aí parece bem legal! Vou anotar pra não esquecer de ler quando tiver a chance.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s